Trajeto de Joinville para Blumenau

Entre em contato, atendimento 24 horas
Parcelamento em até 12x

Trabalhamos com cartões de várias bandeiras. Muito mais facilidade para você.

Compartilhar

Qual o trajeto?

É muito importante calcular a rota para fazer o transporte do seu carro mais rápido e sem comprometer a segurança. Pensando nisso, elaboramos dois trajetos para facilitar no deslocamento:

Rota 1
SC 108 (93 km): Joinville / Guaramirim / Jaraguá do Sul / Massaranduba / Pomerode / Blumenau
Rota 2
BR 101-(117 km): Joinville / Araquari / Barra Velha / Penha / Gaspar / Blumenau

Quanto tempo dura o trajeto?

O tempo necessário para viajar os 92 km que separam as duas cidades depende da escolha entre dois caminhos. Confira!

A primeira rota geralmente é a mais escolhida. Isso porque o percurso é mais rápido, feito através da Rodovia Guilherme Jensen, SC, com duração de 1h e 40 minutos.

Já a segunda rota, é por meio da Rodovia Governador Mário Covas e Rodovia Ingo Hering, com o período em torno de pouco mais de 1h50min.


Quantos pedágios entre as cidades?

Existe somente um no trecho da Rodovia BR-101/SC, km. 79, em Araquari.

A tabela de tarifas de pedágio da BR 101 mostra que o valor varia de acordo com o tipo e categoria do veículo. Para a categoria 1, com automóvel, caminhonete e furgão, o valor está R$3,90. Já para automóvel e caminhonete com semi-reboque, está em torno de R$5,85. Para caminhão com reboque e caminhão-trator com semirreboque, o valor está R$23,40.

Na estrada a pista é duplicada ou única?

O trajeto pela rodovia Guilherme Jensen tem pistas simples de mão dupla. Então, se você quer maior segurança, escolha pegar o caminho da BR-101 que possui pista dupla com canteiro central.

Quais as condições das pistas?

Os trechos mais prejudicados pelas ações da natureza ficavam entre São João Batista e Major Gercino, localizado na SC-108, porém, recentemente, ele foi restaurado com terraplanagem, pavimentação, drenagem e obras complementares nas rodovias.

Já a BR -101 é pavimentada, bem sinalizada e com boas condições de tráfego, o que proporciona ao motorista mais segurança. Outro aspecto importante é que a maior parte do caminho é via dupla e só se torna simples no trecho de entrada para Navegantes.

Como é o fluxo de veículo?

No fim de semana ou feriado o fluxo de veículos é mais intenso, principalmente na BR-
101, isso porque muitos cidadãos catarinenses aproveitam para viajar na capital da cidade ou na região litorânea. Portanto, se você quer pegar um trânsito mais leve, é preferível evitar essa direção nos horários de pico.

Perguntas frequentes

Posso me deslocar dentro do carro guinchado?

Conforme o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) descrito no art.8°, na resolução n° 743, não é permitido o transporte de passageiro no interior do veículo rebocado.

A lei compreende que quando o automóvel está com defeito e é carregado, ele desempenha o papel de carga e, nessa condição, ele não oferece nenhuma segurança ao motorista, visto que está na dependência de um segundo carro.

É errado rebocar outro veículo?

Sim, é proibido. De acordo com o art. 236 da lei n° 4.737, não é permitido o reboque de um carro com cabo flexível ou corda, exceto em casos de emergência. A norma existe para impedir que as pessoas pratiquem essa irregularidade constantemente e em rua pública.

Para compreender a infração, é preciso considerar dois aspectos significativos: a primeira se refere ao uso do objeto inapropriado para reboque. O ideal é manusear um cabo flexível, de aço ou corrente resistente, ou uma corda rígida para apoio mecânico.

A segunda norma faz menção a momentos emergenciais. Como a lei não é específica, consideramos que a exceção é válida para carros que precisam de um auto socorro 24h, como ocorre com um veículo que para no meio da estrada e precisa ser retirado do local imediatamente.

Ao dar relevância a esses dois aspectos, entendemos que a lei tem como objetivo proteger os carros que circulam ao redor, uma vez que um cabo fraco pode deixar escapar o automóvel e causar acidentes no trânsito e um veículo parado numa via movimentada é capaz de colidir com outro que se move em alta velocidade.

Posso me deslocar dentro do guincho?

Sim, mas somente o número de pessoas que couber na cabine do guincho. Caso a quantidade de passageiros vá além da capacidade máxima, o valor do deslocamento fica por conta do cliente.

Posso fazer paradas?

O motorista não está autorizado a fazer paradas no decorrer do trajeto, apenas se houver um acordo em tempo hábil entre o prestador de serviço e o cliente.

Posso alterar o percurso?

Somente se o percurso ainda não estiver iniciado, caso contrário você não pode alterá-lo. Um ponto importante a ser avaliado é se a quilometragem difere do contrato, desta maneira, haveria a necessidade de fazer um novo acordo.

Onde encontro serviço de guincho 24h?

A melhor maneira de rebocar um carro é contratar um profissional que ofereça o suporte adequado para cuidar do deslocamento de forma segura. Se você precisa do serviço, o Guincho do Alemão faz o transporte seguindo as normas do Cotran de forma rápida, pontual e com excelência.


Compartilhar
× Whatsapp 24 horas